sexta-feira, 6 de maio de 2016

Condomínio das Minas Gerais

Por solicitação de um morador, cuja mãe precisou utilizar cadeira de rodas devido a um problema de saúde, o síndico do Condomínio das Minas Gerais entrou em contato comigo para elaborar um projeto de acessibilidade que permitisse o acesso ao bloco em que o solicitante reside. Foi um projeto desafiador, pois a inclinação do terreno e limitação de espaço exigiu a elaboração de uma solução que contornasse estes problemas sem limitar o estacionamento que fica em frente aos acessos. Vejam as sugestões que demos:
O Condomínio Residencial das Minas Gerais é um condomínio de apartamentos localizado no bairro Camargos, município de Belo Horizonte. É composto por 17 blocos, totalizando 272 apartamentos. 
Locais que foram abordados neste projeto:
- Acessos laterais a um dos blocos de apartamento, sendo:
1) Acesso à direita do bloco, composto por dois lances de escadas, com uma curva em 90 graus entre eles;
 2) Acesso à esquerda do bloco composto por um lance de escadas.
Primeiro lance de escadas do acesso à direita do bloco de apartamentos

1)     Acesso à direita do bloco
O acesso à direita do bloco de apartamentos pode ser feito a partir da rua, por um portão de metal, ou através do estacionamento, por um lance de cinco degraus, seguido de uma rampa inclinada, e em seguida uma outra escada a noventa graus, composta por mais cinco degraus. Em seguida há uma rampa inclinada e uma porta de metal e vidro, conforme foto abaixo.
Segundo lance de escadas
A sugestão é a construção de uma rampa de metal para ser instalada sobre o primeiro lance de escadas e uma rampa de alvenaria, que deve ser construída sobre o espaço livre que existe entre o fim da escada e a porta que dá acesso ao interior do prédio.
Entre o primeiro e o segundo lances de escadas, há uma área livre
Vista da área livre entre as escadas
A rampa de metal deverá ser instalada sobre a escada que sai do estacionamento, fixando com cimento na base de cada barra vertical. A largura da rampa deverá ser a mesma da escada, 1,04 metro. A primeira seção da rampa deverá ter aproximadamente 2,38 metros, até uma curva para a direita, para evitar ocupar uma vaga de estacionamento. A seção seguinte deverá ter aproximadamente 5,00 metros, até o chão, seguindo a inclinação do terreno. Ao longo de toda a rampa deverá ser instalados corrimões com um metro de altura, contando ainda com uma barra intermediária a 0,50 metro de altura, para segurança.
Rampa de metal a ser instalada sobre o primeiro lance de escadas
A rampa terá uma inclinação de 14,6%, que ultrapassa um pouco o limite definido pela NBR 9050, mais ainda assim possibilitará maior praticidade e conforto ao acesso para pessoas com mobilidade reduzida, assim como para carrinhos de bebes. O piso da rampa deverá ser feito de chapa de aço antideslizante, similar às empregadas no assoalho dos ônibus. As medidas da rampa poderão sofrer alteração pelo executor para acompanhar a inclinação do terreno. É importante que o executor confirme as medidas do local.
Vista frontal da rampa
Para superar o segundo lance de escadas, que fica a noventa graus da primeira escada, a sugestão é a construção de uma rampa de alvenaria sobre o terreno que fica entre o final da escada e a rampa que dá acesso à porta. Há um portão de metal na lateral da rampa, que deve ser alargado e rebaixado para acessar a rampa a ser construída.
Rampa de alvenaria a ser construída sobre o terreno entre os dois lances de escada
A rampa deverá ocupar todo o comprimento do terreno até o início da escada onde deverá ser instalada a rampa de metal (Projeto 1), minimizando a inclinação da mesma. De acordo com nossos cálculos, ela ficará com aproximadamente 21% de inclinação. A medida mínima recomendável para a largura de uma rampa é de 120 centímetros, porém, devido a limitação de espaço, assim como na rampa de metal, a largura desta rampa poderá ser de 76 centímetros, já que esta rampa deverá ser utilizada somente com auxílio. Ao longo de toda a rampa deverá ser instalado um corrimão de noventa centímetros de altura, com uma barra de segurança a quarenta e cinco centímetros de altura.
Vista lateral da segunda rampa

2)  Acesso à esquerda do bloco

O acesso à esquerda do bloco também pode ser feito a partir da rua, por um portão de ferro, ou do estacionamento, por uma escada com quatro degraus. A escada dá em um corredor inclinado e no meio dele há uma entrada a noventa graus que direciona a outro corredor que dá acesso ao interior do bloco.
Acesso à esquerda do bloco, pelo estacionamento
A sugestão é construir uma rampa de metal para ser instalada sobre a escada, fixando com cimento na base de cada barra vertical. A largura da rampa deverá ser a mesma da escada, 1,04 metro. A primeira seção da rampa deverá ter aproximadamente 2,53 metros, até uma curva para a direita, para evitar ocupar uma vaga de estacionamento. A seção seguinte deverá ter aproximadamente 4,00 metros, até o chão, seguindo a inclinação do terreno. Ao longo de toda a rampa deverão ser instalados corrimões com um metro de altura, contando ainda com uma barra intermediária a 0,50 metro de altura, para segurança.
Vista lateral da rampa sobre o lance de escadas à esquerda do bloco
A rampa terá uma inclinação de 12,78%, que ultrapassa um pouco o limite definido pela NBR 9050, mais ainda assim possibilitará maior praticidade e conforto ao acesso para pessoas com mobilidade reduzida, assim como para carrinhos de bebes. O piso da rampa deverá ser feito de chapa de aço antideslizante, similar às empregadas no assoalho dos ônibus.
As medidas da rampa poderão sofrer alteração pelo executor para acompanhar a inclinação do terreno.
Vista frontal da rampa

Nenhum comentário:

Postar um comentário